Espelho, espelho meu, me diga quem sou eu?

Por Célio Manfré Filho · 6 de julho de 2021

Ei, você aí. Sim, você mesmo! Já se olhou no espelho hoje?

Olhar-se no espelho nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais em uma sociedade que supervaloriza a aparência e constantemente estimula homens e mulheres a se encaixarem em padrões cada vez mais distantes do mundo real.

Ver a própria imagem refletida no espelho, muita das vezes gera um misto de emoções. Ali, não apenas nos enxergamos como somos, mas também podemos ver o que os outros nos contam que deveria estar refletido no espelho, gerando por inúmeros momentos, sentimentos de insatisfação e depreciação de si mesmo.

Essa cobrança pela “perfeição” é intensamente propagada pela mídia, e claramente observada nas redes sociais, afinal, quem nunca achou a vida monótona ao comparar seu dia a dia com a “vida encantada” de outras pessoas no Instagram?

Foto: https://unsplash.com/photos/Oh81uk8CoEA

Pois é, na internet a vida é sempre perfeita. As viagens são constantes, os cenários são incríveis e o riso é garantido. E a pele? No “mundo mágico” do Instagram não existe acne, poros,  cicatrizes e muitos menos olheiras. Para isso existem infinitos aplicativos e filtros de edição de imagem, todos prontos para afinar, clarear e “embelezar” os internautas. Mas você já parou para pensar como as redes sociais e os filtros de edição de imagem afetam a sua visão de si mesmo?   

Essa foi a pergunta norteadora que motivou um dos projetos de formação do curso de Multiplicadores do Programa EducaMidia deste ano, um programa do Instituto Palavra Aberta com o apoio do Google.org, que foi criado para capacitar professores e organizações de ensino, além de engajar a sociedade no processo de educação midiática.

Pensado inicialmente para o Ensino Fundamental II, o professor Célio, super parceiro do Amplifica, desenvolveu o projeto que busca, através da arte, abordar de forma reflexiva sobre os perigos da exposição excessiva nas redes sociais, além de chamar a atenção para os efeitos nocivos dessas redes para a autoimagem das pessoas.

No decorrer do projeto, os alunos passaram por momentos de apreciação, contextualização e produção artística, onde através de selfies e autorretratos puderam entender que em meio a filtros e aplicativos, o importante mesmo é abraçar e aceitar a individualidade de cada ser humano, afinal, bonito mesmo é ser de verdade.

Confira aqui o Projeto Espelho, Espelho Meu, me Diga quem Sou Eu?

E que tal conhecer o nosso autor, Célio, que conta neste vídeo a ideia do projeto. 

Mas e aí, já se olhou no espelho hoje? Ainda não?  Então corre lá e olhe com atenção.

Observe cada detalhe do seu rosto, as marcas de sua pele e a cor dos seus olhos. Perceba que são essas diferenças que te tornam um ser humano único e digno de ser compreendido(a), amado(a), visto(a)… e isso começa com você!   

conheça o autor

Célio Manfré Filho

"Não estamos nessa caminhada apenas para ensinar currículo, mas contribuir com a formação de seres humanos completos, que respeitam e possuem empatia uns pelos outros."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

veja mais

artigos

Não posso agora! Tenho que fechar as notas

Não posso agora! Tenho que fechar as notas

13 de julho de 2021 . Por Rodrigo Baglini

O fim de um semestre está chegando e com ele a corrida frenética para alimentar o GRANDE IRMÃO (apelido carinhoso do sistema na escola que trabalho).

Saiba mais
Mostra do conhecimento do professor ou dos alunos?

Mostra do conhecimento do professor ou dos alunos?

22 de junho de 2021 . Por Rodrigo Baglini

Se é uma mostra, vamos mostrar! Quase 21 horas e ainda me encontro aqui na escola, eu e a dona […]

Saiba mais
Crie jogos, cards e apps com o google slides

Crie jogos, cards e apps com o Google Slides

15 de junho de 2021 . Por Carla Arena

A gente está sempre por aqui pensando em formas de fazer com que as ferramentas digitais trabalhem a nosso favor […]

Saiba mais

2020 | Site por Oni Design de negócios

Share via
Copy link
Powered by Social Snap